Nossas redes

Streaming

Ex-detentas contam como é a vida fora das grades em Flores do Cárcere

Publicado

em

Filme dirigido por Barbara Cunha e Paulo Caldas será lançado no Dia Internacional da Mulher

O filme “Flores do Cárcere”, dirigido por Barbara Cunha e Paulo Caldas, sobre as ex-detentas da Cadeia Pública Feminina de Santos (SP), ganha lançamento digital no próximo dia 8 de março, data em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher.

O documentário, lançado com apoio da Spcine e contemplado com o edital de distribuição em 2019, terá estreia exclusiva no NOW com distribuição da O2 Play.

Já no dia 18 de março, “Flores do Cárcere” chegará também às demais plataformas digitais (Vivo, iTunes, Google Play, Youtube Filmes e Looke).

Narrado pelas próprias egressas, “Flores do Cárcere” mostra os motivos que as levaram ao encarceramento e ainda, em um segundo momento, como foi a vida após o cumprimento de suas penas, e os preconceitos e dificuldades ao tentarem se reinserir socialmente.

Com depoimentos e cenas reais de arquivos gravados durante um trabalho social realizado por Flavia Ribeiro de Castro na cadeia de Santos em 2005, o filme é inspirado no livro homônimo “Flores do Cárcere” lançado em 2011 por Flavia, e que conta parte de sua experiência durante esse trabalho.

O documentário é uma produção da Academia de Filmes e Monalisa Produtores Associados.

Sinopse

Ana Pérola, Charlene, Dani, Mel, Rosa e Xakila são egressas da Cadeia Pública Feminina de Santos. Doze anos depois, retornam ao espaço prisional, hoje abandonado, revisitando a antiga experiência e refletindo sobre o encarceramento feminino, as questões relativas à autoestima e à reinserção na sociedade.

Veja o trailer aqui.

Continuar Lendo
Clique e comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *