Nossas redes

HQ e Cia

Naomi – 1ª Temporada

Publicado

em

Depois de ter criado o mega sucesso Miles Morales na Marvel, Brian Michael Bendis tenta fazer o raio cair novamente, agora na DC, com Naomi

 

Brian Michael Bendis é um dos mais profícuos escritores de quadrinhos. É um daqueles caras como os grandes de antigamente, que escreviam 6, 7 títulos ao mesmo tempo. Atualmente (nos EUA), simplesmente está no comando de “Liga da Justiça” e já conduziu os títulos do Superman (com altos e baixos, mas mais altos do que baixos), também coordena o selo “Wonder Comics”, com personagens jovens do Universo DC, alguns resgatados do passado e outros novos.

Seu trabalho e importância podem ser medidos pela quantidade de produções cinematográficas/televisivas são baseadas nos seus escritos. Muito dos filmes dos Vingadores vieram da passagem de Bendis pelo título, assim como para “WandaVision” (Disney+) e “Demolidor”, “Luke Cage” e “Jessica Jones” – essa última tendo sida criada pelo roteirista. Sem falar, é claro, de outra criação sua que é a maior revolução no Homem-Aranha desde que o ‘Cabeça de Teia’ foi inventado por Stan Lee e Steve Ditko: Miles Morales.

Deu pra ver que o cara não é fraco não. E foi numa onda parecida com a de Miles que chega sua nova criação: Naomi.

A trama

Esse primeiro volume que a Panini Comics apresenta em versão encadernada narra a típica fórmula do adolescente se descobrindo com poderes (que Bendis já havia feito brilhantemente em “Ultimate Spider-Man”). Mas isso acontece de maneira bastante criativa.

Começa mais ou menos assim: uma luta entre Superman e Mongul acaba chegando em Oregon, na cidadezinha em que Naomi vive. Isso acaba desencadeando uma série de eventos, que levam a menina a descobrir que, na verdade, é originária de um universo alternativo, dotada de poderes divinos e foi enviada à Terra e preservada de Zumbado, o conquistador do universo onde ela nasceu.

 

Por que ler?

A edição tem roteiro de Michael Bendis e David F. Walker, arte de Jamal Campbell, e o mais legal é ver como alguém aparentemente normal, do nada, começa a andar ao lado de gigantes como Superman e Batman. A DC nunca foi muito de fazer isso. No seu universo, os super-heróis sempre eram seres olimpianos, quase inalcançáveis. Naomi baixa esses ‘deuses’ para o nosso patamar.  Aliás, os diálogos com o Homem-Morcego são prova disso e mostram-se como algumas das melhores falas desse álbum. Além disso, o canal norte-americano ‘The CW’ (o mesmo de Flash, Supergirl e Raio Negro) já encomendou uma série baseada nesses quadrinhos, comandada pela diretora Ava DuVernay.

 

Naomi – 1a Temporada (2020)
Panini Comics
Capa dura
160 páginas
Preço sugerido: R$ 26,90

Continuar Lendo
Clique e comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *