Nossas redes

Streaming

O Método Kominsky

Publicado

em

O Método Kominsky

Divertida e comovente série da Netflix estrelada por Michael Douglas se despede com risos e choro, deixando uma sensação agridoce

 

‘O Método Kominsky’ é uma daquelas séries que chegam de mansinho, ganham o coração do público e saem “por cima”, sem perder nem um pouco da qualidade até o final. 

A série, focada no veterano professor de atuação Sandy Kominsky (Michael Douglas), trata de temas delicados e um tanto espinhosos, relacionados à terceira idade – o que às vezes pode ser engraçado e até constrangedor – afinal, Sandy tem mais de 70 anos e seu melhor amigo, o ranzinza e irônico Norman (Alan Arkin) já é octogenário. 

Acompanhar as desventuras da inseparável dupla – às voltas com amores, família, perdas, trabalho, alunos (muito mais jovens e um tanto imaturos), doenças e limitações físicas da idade – por vezes remete a um bom filme de 1968, intitulado ‘O Estranho Casal’, que mostra situações semelhantes vividas pelos velhos “chapas” interpretados por Walter Matthau e Jack Lemmon (na época, ambos ainda na casa dos 40).

Por que assistir?

Aqui, os incríveis Michael Douglas e Alan Arkin têm uma química excepcional e conseguem transitar sem exageros pelo trágico e o cômico, conseguindo extrair risadas de situações que geralmente não têm graça alguma – como por exemplo, um corriqueiro e necessário exame de próstata. Os diálogos afiados, reflexivos ou cheios de zoações e provocações mútuas (e nem sempre politicamente corretas) entre velhos amigos são capazes de arrancar sorrisos e lágrimas do espectador na mesma medida. 

Kathleen Turner e Michael Douglas continuam com uma química impressionante (Divulgação: Netflix)

Outro grande atrativo é o elenco de apoio que conta com nomes como Kathleen Turner (que já viveu um par romântico com Douglas em ‘Tudo Por Uma Esmeralda’ e na sequência ‘A Jóia do Nilo’) e o divertido e também comediante Paul Reiser, que interpreta seu genro meio hippie e sexagenário – casado com a filha de Sandy, Mindy (Sarah Baker), quase 40 anos mais jovem. Vale destacar também as presenças de Lisa Edelstein (da série ‘House’) como a problemática, interesseira e viciada filha de Norman e Haley Joel Osment (sim, o molequinho que via gente morta em ‘O Sexto Sentido’) na pele de seu neto – um cientologista pra lá de trambiqueiro. Por fim, há a presença magnética da veterana Jane Seymour, que aos 70 anos esbanja charme, carisma e beleza na pele de Madelyn, um antigo amor que reaparece na vida do rabugento Norman.

‘O Método Kominsky’ é mais uma criação de Chuck Lorre, o homem por trás de sucessos como ‘The Big Bang Theory‘ e ‘Two and a Half Men‘.

As três temporadas, disponíveis na Netflix, são fluídas e seus episódios de, em média, vinte e poucos minutos mantêm a qualidade e o bom ritmo até o final, deixando um sabor agridoce e a certeza de missão cumprida com louvor! 

 

‘O Método Kominsky’ – 3 temporadas (2017-2021)
Série criada por Chuck Lorre
Elenco: Michael Douglas, Alan Arkin, Kathleen Turner, Paul Reiser, Sarah Baker, Lisa Edelstein, Haley Joel Osment, Jane Seymour
Número de temporadas: 03
Onde assistir: Netflix

Continuar Lendo
Clique e comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *